OS BONS SACOS DE PAPEL

Bons para a

sustentabilidade

O saco de papel é cultivado, nasce em plantações específicas para fazer papel que se renovam constantemente. Para cada árvore cortada, plantam-se 3 novas. A fibra de papel é natural, renovável e inesgotável.

Na Inovações Subbética trabalhamos com as certificações de Cadeia de Custódia PEFC e FSC que garantem que os papéis utilizados na fabricação dos nossos sacos provêm de florestas geridas de forma sustentável desde um ponto de vista medioambiental, econômico e social.

Bons para reduzir

a mudança climática

As plantações para fabricar fibra de papel são grandes sumidouros de CO2. Através da fotossíntese, as folhas das árvores capturam o dióxido de carbono do meio ambiente ao longo da sua vida e fica capturado para sempre nos produtos de papel. Por exemplo, cada quilo de papel para sacos armazena 1,3 quilos de CO2 equivalente.

Graças a isso e à produção sustentável, os sacos de papel têm uma pegada de carbono negativa.

Bom para proteger

o meio ambiente

Os sacos de papel são biodegradáveis, se, por engano, um saco de papel acabar abandonado na natureza, não danaria a terra nem os rios nem os mares. Ao ser um produto natural, de fibra de papel, impresso com tintas à base d’água e colas respeitosas, biodegradaria num período de entre 2 e 5 meses sem danar o meio ambiente.

Os sacos de papel têm sete vidas. Eles podem ser reciclados uma tras da outra até 7 vezes, facilitando uma economia circular e a poupança de novas matérias-primas.

Bons para

os consumidores

É o que 93% dos consumidores desejam receber.

É o que 90% reconhece como o mais ecológico e respeitoso com o meio ambiente.

87% deles valorizam a imagem positiva dos comércios que o oferecem.

91% dos consumidores recomendam às empresas que o utilizem.

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies